Para um amigo conhecido ou desconhecido

terça-feira, 4 de agosto de 2009

O que eu faria sem você, meu amigo?
Para quem eu escreveria? Com quem eu conversaria?
Quem seria eu, se não tivesse amigos?
Ananda sugeriu a Buddha que bons amigos seriam metade da vida espiritual,
Buddha corrigiu Ananda: Bons amigos são toda a vida espiritual.
Bons amigos caminham juntos,
Bons amigos caminham separados também.
Uma boa amizade começa desde o primeiro momento,
Uma boa amizade não é afetada com a distância.
Uma boa amizade não termina nem mesmo com a morte.
Uma boa amizade não começa nem termina: ela ocorre a todo instante.
Por que eu iria querer ter inimigos?
Melhor é que todos sejam meus amigos.
Mesmo que não me considerem como amigo, que eu lhes considere como amigos,
Um amigo verdadeiro não pede nada em troca pela sua amizade.
Conhecidos ou desconhecidos, que todos sejam meus amigos.

1 comentários:

Lucas disse...

Cadê meu lenço?

;)

Buddha dizia, Epicuro dizia, Sêneca dizia, Sócrates, Platão, Aristóteles...