Sobre a naturalidade das coisas que acontecem naturalmente

domingo, 11 de março de 2012

É um título feio. Que seja. Poderia ser somente "sobre a naturalidade das coisas". Todas as coisas ocorrem naturalmente. O que podemos fazer a respeito? Quem poderia fazer algo a respeito? O que eu poderia modificar se não há um eu que possa modificar algo? As coisas acontecem. Estamos no meio. É uma tremenda sorte se estamos de tal forma que possamos aliviar nosso próprio sofrimento, ainda mais sorte se esta tal forma que estamos possa aliviar o sofrimento de outros.

2 comentários:

Um principiante, apenas isso. disse...

Seu texto tocou-me fundo, amigo. Tenho me sentido exatamente assim em relação às coisa, em relação a mim. Que afortunado sou por estar aqui e poder fazer algo pelo meu irnão! Mas... há alguém realmente fazendo algo. Grande luz após ler "Nada Fazer, Não Ir a Lugar Algum", de Thich Nhat Hanh.

Paz!

Jōken disse...

Nunca li, mas deve ser bom. Gasshô!